Order Management System (OMS): qual a importância para operações de Phygital no varejo?

Picture of Leticia Viana

Leticia Viana

a-importancia-de-oms-nas-operacaoes-de-phygital

Cada vez mais, o consumidor quer comodidade e agilidade para realizar as suas compras. Por isso, as empresas devem apostar em integração dos diversos canais de contato para oferecer mais conveniência durante a jornada. Afinal, o consumidor mudou a forma  como ele se relaciona com as marcas e o varejo, exigindo dos varejistas uma nova estratégia.

Essa estratégia vem sendo conhecida como omnichannel. Uma pesquisa realizada pela Forrester Consulting, apresentada pelo Ecommerce Brasil, mostrou que, uma vez que os varejistas adotaram essa estratégia dentro da sua operação, eles observaram uma taxa de retenção maior dos chamados BrandLovers (Amantes da Marca), além de impulsionar o crescimento do negócio.

Para integrar essa estratégia às operações, os varejistas têm escolhido soluções eficientes para ajudar nesse processo. Uma delas é o OMS (Order Management System). Essa solução, aliada às estratégias omnichannel, pode garantir o sucesso da sua operação.

Phygital no varejo: como um OMS pode ajudar?

A transformação digital no varejo não se limita apenas à integração de canais de vendas, mas também à fusão dos mundos físico e digital, criando o conceito de phygital. Nesse contexto, as empresas buscam oferecer uma experiência de compra fluida e unificada, permitindo que os consumidores transitem sem esforço entre os ambientes online e offline.

Uma estratégia de phygital foca na importância dos canais digitais na jornada do cliente e valoriza a interação pessoal e a experiência sensorial proporcionada pelas lojas físicas. 

Assim, o sucesso na implementação de estratégias omnichannel depende não só da integração de sistemas, mas também da criação de experiências consistentes e envolventes para os consumidores, independentemente do ponto de contato.

Nesse sentido, o OMS é uma peça fundamental na execução dessas estratégias, pois garante uma visão centralizada de todas as etapas dos processos (compra, estoque, entrega, devoluções), independentemente do canal escolhido. 

A seguir, confira 6 vantagens de adotar um sistema OMS na sua empresa!

1. Eficiência operacional

O setor varejista no Brasil é um dos mais dinâmicos e competitivos do mundo. Com uma ampla diversidade de produtos e serviços, desde grandes redes até pequenas lojas de bairro, a eficiência operacional acaba sendo uma peça fundamental para o sucesso e a sobrevivência das empresas no mercado.

Nesse contexto, o OMS consegue automatizar e agilizar os processos de recebimento, armazenamento, separação, embalagem, faturamento e expedição relacionados a processamento de pedidos, tornando o fluxo de trabalho mais eficiente e reduzindo a possibilidade de erros humanos durante os processos de vendas, separação e logística. 

Por exemplo, uma empresa de varejo de moda que utiliza um OMS pode integrar automaticamente os pedidos feitos em lojas físicas, online e por telefone, consolidando todas as informações em um único sistema. Isso elimina a necessidade de inserção manual de dados em diferentes plataformas, reduzindo os riscos de erros e agilizando o processo de atendimento ao cliente.

2. Gestão de estoque

Um OMS oferece uma visão em tempo real do estoque e centros de distribuição disponíveis, permitindo que o varejista gerencie seus níveis de estoque da forma mais eficiente e integrada, evitando rupturas e reduzindo o custo com excesso de estoque.

Além disso, um OMS pode ajudar na gestão de estoque, garantindo que os produtos estejam disponíveis para atender à demanda, otimizando assim os níveis de estoque e minimizando custos desnecessários. Essa automação proporcionada pelo OMS melhora a eficiência operacional e aumenta a satisfação do cliente, porque os pedidos são processados de forma mais rápida e precisa. 

Com os estoques unificados em uma única solução, fica mais simples acompanhar as movimentações do dia a dia e a necessidade de reposição ou queima de produtos parados.

3. Prateleira infinita

O conceito da prateleira infinita já se tornou uma realidade para muitas operações. Ele permite oferecer aos clientes uma grande variedade de produtos, mesmo que esses itens não estejam fisicamente em estoque. Isso evita que o cliente saia da loja ou deixe de comprar porque os produtos estariam em falta.

Com a ajuda de um OMS, essa estratégia de prateleira infinita pode ser facilmente implementada, proporcionando uma visão abrangente do estoque , possibilitando, por exemplo, que o vendedor tenha uma visão unificada de estoque de todas as lojas e CDs evitando a diminuição da conversão de venda. Em casos de falta de produtos, a OMS fornece um acompanhamento completo para garantir a melhor experiência ao consumidor.

4. Gestão de canais e franquias

Um sistema de OMS é um facilitador no gerenciamento de todos os canais da operação, incluindo franqueadores, que podem se beneficiar com esse tipo de operação, criando incentivos e maior sinergia entre a rede e franquia.

Além disto, a solução também auxilia na gestão de marketplaces e e-commerces, permitindo fornecer uma visão unificada de todas as transações.

Um exemplo do uso do OMS na gestão de canais e franquias pode ser visto em uma rede com unidades próprias e franqueadas. Com um sistema de OMS integrado, a matriz pode coordenar eficientemente as operações de todas as lojas e fazer apuração e pagamento de comissões, garantindo consistência na oferta de produtos, preços e promoções, independentemente do canal de venda.

Isso significa que um cliente pode realizar um pedido em qualquer unidade da rede, seja física ou online, e ter a mesma experiência de atendimento e qualidade.

Além disso, o OMS permite que a franqueadora acompanhe de perto as vendas de cada unidade, identificando padrões de consumo e oportunidades de melhoria para toda a rede. Assim, o sistema otimiza a gestão de canais e franquias e fortalece a integração e colaboração entre todos os estabelecimentos participantes.

5. Escalabilidade

Muitas empresas se limitam a funcionalidades que são omnichannel, e não conseguem ter uma gestão oficialmente Omni. 

Uma solução de OMS pode ser a chave para superar esses obstáculos. Com essa ferramenta, é possível configurar fluxos de exceção para lidar com problemas como entregas, devoluções e trocas. Essa abordagem possibilita uma visão completa da operação, contribuindo para a evolução da maturidade digital da empresa.

Vamos supor que você tenha uma empresa de e-commerce que experimenta um aumento inesperado na demanda durante a temporada de fim de ano. 

Com um sistema de OMS, o varejista consegue dimensionar suas operações para lidar com o aumento do volume de pedidos, ajustando automaticamente os fluxos de trabalho, gerenciando a alocação de recursos e garantindo que os prazos de entrega sejam cumpridos.

Além disso, o OMS pode integrar-se com outros sistemas, como ERP e CRM, permitindo uma coordenação eficiente de todas as atividades comerciais, independentemente do canal de vendas. Assim, a empresa pode expandir seus negócios de forma ágil e sustentável, sem comprometer a qualidade do serviço oferecido aos clientes.

6. Experiência do cliente

Falamos muito sobre como a solução OMS pode apoiar os varejistas no controle e gerenciamento da operação, mas num contexto phygital, também é importante otimizar e melhorar a experiência do consumidor.

Uma solução OMS consegue flexibilizar e facilitar toda a jornada de compra, integrando os múltiplos canais e evitando a ruptura de estoque. Com essa perspectiva, o consumidor tem uma experiência melhor, graças à flexibilidade da operação varejista.

Imagine um cliente que pesquisa um produto online, visita a loja física para experimentar esse produto e finaliza a compra pelo aplicativo móvel enquanto está na loja. 

Com um OMS eficiente, todas essas interações são registradas e coordenadas de maneira transparente, garantindo que o produto esteja disponível em estoque.

Dessa forma, o consumidor tem uma jornada de compra sem atritos, aumentando sua satisfação e fidelidade à marca e fortalecendo o seu relacionamento com a empresa.

Linx OMS: a solução que a sua empresa precisa para ser phygital

Vimos como um sistema de gerenciamento de pedidos oferece muitos benefícios para uma operação, desde recursos para realizar a gestão diária, até funcionalidades para evitar a perda de vendas e aprimorar a experiência do consumidor.

Em um mercado que está cada vez mais exigente e com consumidores mais ávidos por experiências únicas, é importante que os varejistas construam uma estratégia forte de phygital, adotando uma abordagem omnichannel.

O Linx OMS traz todas as funcionalidades necessárias para melhorar os seus processos e ampliar o controle sobre toda a sua operação. Nossa solução permite conectar seus canais digitais a todos os seus estoques e ganhar escala operacional, aumentando suas vendas de forma eficiente e integrada.

Para conhecer melhor todos os recursos dessa solução, entre em contato com um dos nossos especialistas.

veja também

Outros conteúdos omnichannel